“Não existe acessório mais poderoso do que a segurança.”

Cresci em meio a roupas e tecidos com minha mãe – dona de uma butique e referência de elegância por dentro e por fora –, como inspiração. Minha meta era unir a paixão pela moda, imagem e escrita. Resolvi, então, estudar jornalismo e moda.

No primeiro ano de faculdade um dos professores que era dono de uma rede de jornais de bairro fez o convite: que tal assinar uma coluna de moda semanal? Não demorou para a coluna de moda se multiplicar para os principais jornais de bairro de São Paulo. Saí da universidade direto para a Editora Abril.

Comecei na Revista Manequim e logo estava “freelando” para várias revistas e recebendo propostas de várias marcas. Superativa por natureza, após 4 anos me lancei na aventura de ter um escritório próprio – levando a Editora Abril como primeiro cliente. No ano de lançamento do escritório, em 2000, um presente: ganhei o “Prêmio Abril de Jornalismo”.

Além de matérias e capas de revistas comecei a dar consultorias para grifes, fazer styling para  campanhas publicitárias e dar aula de produção e jornalismo de moda no Senac – parceiro da consultoria até hoje. Fui uma das mais novas docentes da instituição – e abusei dos truques de moda para passar credibilidade e dar a impressão de uns aninhos a mais (hoje uso os truques às avessas para fazer todo mundo rejuvenescer, não se preocupe!). Embora tenha recebido mais prêmios, como o New Ventures, da Fundação Getúlio Vargas, por um projeto que alia moda e sustentabilidade desenvolvido pela consultoria, o maior deles veio em 2005: fui mãe de trigêmeos.

Aprendi, na prática, que muita coisa a gente planeja mas que a delícia da vida é ela ser tão recheada de surpresas. Ser convidada pela Globo, por exemplo, para apresentar um quadro de estilo e beleza do programa Mais Você foi uma delas. Refinar o estilo dos maiores craques do futebol mundial outra surpresa e tanto para alguém acostumada a lidar com “dress code” corporativo.

Ajudar cada um a traduzir sua essência na forma como se apresenta para o mundo – seja pela tela da TV, na web, em palestras ou pessoalmente – é o meu trabalho. E o resultado não é só uma transformação externa, mas também interna, afinal, não existe acessório mais poderoso do que a segurança.

Danielle Ferraz